Fraude em condomínios

Fraudes em condomínios: saiba como a tecnologia pode ajudar

Fraudes em condomínios não deveriam acontecer, mas são mais recorrentes do que se imagina. Nos noticiários, não são raras as matérias dando conta de síndicos que lesaram condôminos por práticas ilegais ou abusivas.

Por outro lado, a corrupção só se prolifera quando não há conhecimento dos direitos e deveres, tanto de síndicos quanto dos moradores e funcionários de um condomínio. É disso que trataremos neste artigo. Então, se você tem interesse no tema ou está com problemas de mau uso do dinheiro em seu prédio, continue a leitura!

Quais são as principais fraudes em condomínios?

Normalmente, a administração corrupta se caracteriza por uma série de práticas ilícitas que podem ser identificadas até com relativa facilidade. Veja quais são!

Descontos muito generosos

A lei proíbe o chamado desconto por pagamento antecipado por entender que essa é uma prática abusiva. É o que fazem síndicos que, para mascarar a apropriação de parte do dinheiro, lançam indevidamente descontos que não são amparados por lei.

O único mecanismo de controle reconhecido, nesse caso, é a multa por atraso que não deve ser maior que 2% do valor da mensalidade em aberto.

Cobranças indevidas

Dentre as fraudes em condomínios mais recorrentes está a cobrança indevida lançada no boleto para pagamento. Nesse caso, desconfie de rubricas que não façam sentido ou que sejam desconhecidas. Essa é outra forma de se apropriar do dinheiro dos condôminos de forma ilícita, usando como justificativa despesas que, na verdade, não existem. 

Desvios nas contas e balanços

Para não levantar tantas suspeitas, há síndicos que forjam balanços contábeis e demonstrativos irreais, nos quais as contas são maquiadas. Dessa forma, dinheiro não contabilizado vai parar na conta bancária do gestor corrupto.

Falsificação de documentos e comprovantes

Também pode ser que o síndico desonesto use da falsificação de documentos, especialmente notas fiscais, para superfaturar compras e contratações, por exemplo. Assim, ele consegue se apoderar do valor excedente dando a impressão de que suas operações são lícitas. Por isso, sempre confira se os valores das compras feitas realmente condizem com o que os documentos apresentados mostram.

Como a tecnologia pode ajudar a ter mais controle sobre as contas?

Felizmente, o uso de softwares e sistemas desenvolvidos para apoiar a gestão condominial pode ajudar a minimizar a incidência de práticas lesivas. Confira algumas das vantagens desse tipo de solução.

Gestão transparente

Um sistema de gestão para condomínios apresenta informações “ao vivo” em dashboards na nuvem para auxiliar o administrador. Esse painel também pode ser usado em assembleias como um instrumento para apoiar na prestação de contas.

Possibilidade de verificação de regularidade

Você sabia que a previsão orçamentária é uma prática prevista na Lei do Condomínio e faz parte da maioria das convenções condominiais? Ela serve para fazer a análise de gastos e recebimentos do período financeiro e, com a tecnologia, esse importante instrumento de controle fica mais fácil de ser implementado.

Programação de pagamentos

Com um software, outra tarefa facilitada é a gestão da inadimplência. Nesse aspecto, ele pode auxiliar a controlar as atividades da equipe de cobrança e também a registrar os contatos feitos.

Todas essas funções e muito mais você tem no Condominizar. O sistema é a melhor solução para eliminar as fraudes em condomínios e melhorar a gestão em todos os aspectos.

Gostou da ideia e quer saber mais? Entre em contato, vamos Condominizar!

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.