centro de custo condomínio

Centro de custo contábil: o que é e quais são as vantagens?

Observar, analisar e otimizar. Basicamente, esse é o ciclo estratégico no estudo das contas de uma empresa. Elaboramos um conteúdo fundamental para aprimorar os resultados do seu escritório, onde explicamos o conceito do centro de custo contábil e apresentamos suas vantagens.

Caso ainda não conheça o tema, saiba que está tudo bem. Apesar de não ser uma exigência para o sucesso do seu negócio, esse é um daqueles conceitos complementares que, uma vez bem aplicados, entregam melhorias sutis que fazem uma grande diferença. Portanto, sem mais demoras, acompanhe!

O conceito do centro de custo contábil

Em essência, o centro de custo é apenas uma das inúmeras estratégias de contabilidade para o diagnóstico da performance financeira de uma empresa. No início, a técnica foi criada e desenvolvida entre as grandes corporações, ainda no século passado. Trata-se de uma abordagem departamental sobre o fluxo de caixa de uma empresa, analisando as entradas e saídas de cada setor.

A estratégia garante uma visão mais detalhada do desempenho econômico de cada uma das áreas da empresa, individualizando os resultados e permitindo que a gestão tenha mais clareza na tomada de decisões. Afinal de contas, isso é muito mais difícil quando pensamos na contabilidade tradicional, que compila os valores de todos os departamentos em apenas um núcleo.

O centro de custo toma a abordagem contrária, dedicando núcleos exclusivos para o estudo das contas de várias áreas na empresa, analisando balanços individuais realizados com o departamento de marketing, publicidade, TI, vendas, consultoria e qualquer outra divisão que seja compatível com a sua realidade.

Com esse nível de descrição, a contabilidade consegue um diagnóstico transparente das contas de todas as áreas, reconhecendo exageros, desperdícios e perdas de oportunidade com muita facilidade, inclusive, agilizando o processo de tomada de decisões rápidas, redirecionando os resultados de uma maneira ainda mais eficiente.

Outro ponto interessante sobre esse conceito é que ele entrega mais previsibilidade orçamentária sobre a operação, possibilitando a definição de orçamentos ideais para cada um dos setores. Com esse controle, é ainda mais fácil promover um corte de gastos, já que a limitação vai atingir cada departamento de maneira estratégica e individualizada, e não generalizada, como aconteceria normalmente.

Por fim, também vale falar que essa é uma estratégia bastante flexível, podendo ser moldada conforme seja interessante para os contadores responsáveis. Com isso, queremos dizer que os centros de custos nem ao menos precisam seguir esse formato setorial, tal como descrevemos acima.

A depender da sua operação, os centros podem ser categorizados como custos diretos ou não produtivos. Essa divisão binária, além de simplificar a transição, ainda oferece as mesmas qualidades e um bom nível de detalhamento na contabilidade, objetivamente segmentando os custos entre aqueles com influência direta na sua produção de receita ou não.

Em outra abordagem, você ainda pode optar por criar centros contábeis de resultados, expandindo a contabilidade dos setores para as receitas que eles geram, e não somente olhando os custos necessários para que tudo continue operando.

As principais vantagens desse conceito

Já aqui, respondemos uma das principais curiosidades no tema. Afinal de contas, quais são os principais benefícios percebidos pela gestão após a implementação do conceito? Dê uma olhada!

Análise estratégica

Sem sombra de dúvidas, essa é a maior de todas as vantagens. A segmentação dos custos e receitas torna todo o trabalho de análise, estratégia e decisão muito mais simples — o gestor pode elaborar resumos práticos das finanças de cada departamento, pensando em abordagens funcionais para melhorar os resultados de todas as áreas, uma a uma.

Orçamentos otimizados

Como um complemento do benefício anterior, tornamos a destacar a importância de contar com orçamentos otimizados. Depois de analisar o comportamento e as necessidades financeiras de cada área, a gestão pode elaborar orçamentos ideais, arcando com todos os custos e maximizando a economia, conscientizando colaboradores e eliminando todo tipo de desperdício na operação.

Responsabilidade segmentada

A ampla contabilidade implica na centralização de responsabilidades, em que a empresa vai bem pelos esforços individuais de um departamento na análise e estratégia de todas as decisões financeiras. Já a abordagem de centro de custos exige um esforço muito mais colaborativo, inclusive estimulando a comunicação entre os vários departamentos.

Nessa estratégia, a otimização total da empresa depende da conscientização individual de cada colaborador em suas respectivas áreas. Com a diluição de responsabilidade entre os centros, o objetivo de se tornar uma empresa mais enxuta, eficiente e sustentável acaba sendo mais fácil.

Transparência gerencial

Mais uma vez, um benefício complementar ao seu anterior. Como mencionamos acima, a comunicação intersetorial é um fator determinante para o sucesso desse tipo de contabilidade. Nesse método, todos os departamentos são engajados em sua transformação, pois todos têm uma participação direta nos resultados, sejam eles positivos ou não.

Economia operacional

Como uma consequência de todos os esforços, a empresa também passa a notar uma economia considerável em seus balanços, o que, normalmente, resulta da participação colaborativa de todos os setores na redução dos gastos.

A implementação desse conceito no seu escritório

Por fim, é importante explicar como você pode desenvolver um modelo contábil que seja compatível com o seu negócio. Como mencionado no início do artigo, essa é uma estratégia que preza pela flexibilidade, de modo que ela sempre será aplicada de uma maneira diferenciada em cada empresa, mudando conforme a realidade, a escala, o volume e o formato de negócio.

Em nossa visão, percebemos que os escritórios de contabilidade representam os ambientes mais fáceis de se implementar essa estratégia. Primeiro, por uma questão puramente técnica, haja visto a enorme quantidade de profissionais academicamente preparados para a interação com o tema.

Em um segundo momento, pela própria natureza do negócio. Mesmo que você opte pela abordagem mais detalhada possível — custos e receitas por departamento —, ainda não será uma tarefa difícil de implementar, bastando considerar todos os setores da sua operação, segmentá-los e partir para a análise.

Gostou deste conteúdo conceituando as vantagens do centro de custo contábil? Então, aproveite para conferir outra solução estratégica para melhorar os seus resultados, sabendo como escolher o melhor sistema para condomínios!

Cogestão CondominialPowered by Rock Convert

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.